segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Capitalismo Não Mata, o Que Mata é Sua Ignorância!



Baixar Livro

Na escola já aprendemos a dizer o bordão "o capitalismo mata milhões de pessoas no mundo", essa frase é invocada principalmente quando alguém expõe que os regimes socialistas mataram mais de 100 milhões de pessoas na história, para tentar justificar essas mortes se diz que o capitalismo também mata.


Essa resposta parece convincente, mas só se você for um completo leigo em política e economia, basta colocar essa acusação no mínimo fio da análise lógica que veremos que ela é falsa.

Capitalismo é a troca livre e voluntarias de bens, considerando o dinheiro e a mão de obra como bens também. O nome dado a esse sistema era de "sociedade aberta", porém Karl Marx o renomeio para capitalismo. Quando o Estado intervem com suas regulamentações e impostos não temos mais capitalismo puro, tem um sistema misto, ou seja, não é uma sociedade completamente aberta.....


Essa tabela ilustra que quanto mais estatismo uma país tem, menos capitalista é será.



Vejamos agora os índices da fome, que é a principal acusação de morte atribuído ao capitalismo:



Agora vamos ver em que posição estes 10 países estão no índice de liberdade econômica (que vai dizer o quanto capitalistas eles são):

RD Congo 172º
Burundi 141º
Eritreia 174º
Chade 167º
Etiópia 151º
Serra Leoa 148º
Haiti 156º
Camarões 136º
Madagascar 79º
Republica Centro-africana 171º

Como podemos atribuir as mortes por fome ao capitalismo se ele praticamente não existe onde ocorrem  as mortes por fome, muitos desses países funcionam quase que como um socialismo total, onde o estado controla tudo e é essa a causa da fome, o Estado não permite o desenvolvimento do capitalismo e não se tem produção, logo a situação só poderia ser de fome.

Mas alguém pode questionar se a correlação liberdade econômica X fome é valida, será que não temos pobres em países livres economicamente? Lógico que temos, a diferença é que os pobres de países livres ganham em média 20 vezes mais que os pobres de países não livres.

Outra acusação de morte são as mortes das guerras, realmente existiram, porém todos elas foram feitas pelos Estados. Não nego o fato de existir muitos corporativistas por trás disso, mas isso não pode ser atribuído ao sistema capitalista, seria o mesmo que acusar o ateísmo pelas mortes de Stalin ou Mao Tse-tung, já que eram ateus. Além disso no livro "Os anjos bons da nossa natureza" do psicólogo Steven Pinker aponta que quanto mais livre é um país, menos ele se envolve em conflitos, em outras palavras, quanto mais capitalismo, menos guerras.

Vendo todos esses fatos podemos concluir que só um completo ignorante culparia o capitalismo ou "neoliberalismo" pela mortes por fome. 

2 comentários:

  1. Fome e pobreza, perseguição política, conservadorismo religioso e intolerância baseada em “liberdade divina para o capital”. Até você terminar de ler esse artigo, algumas pessoas já devem ter morrido — e você nem sabe. Se sabe, ignora.

    https://medium.com/democratize-m%C3%ADdia/quantas-pessoas-o-capitalismo-matou-hoje-b5607693e7e

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A ignorância toma conta do indivíduo, ele se questiona e se responde automaticamente formando assim um ciclo contínuo.

      Excluir